15 jul Justiça concede liminar em favor de 12 manifestantes presos

No final da tarde de hoje, 15 de julho, foi deferido o pedido liminar em sede de habeas corpus pelo Desembargador Siro Darlan, da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, determinando a libertação dos seguintes manifestantes presos em decorrência de mandado de prisão temporária cumprido em 12 de julho:

Gerusa Lopes Diniz, Gabriel da Silva Marinho e Karlayne Moraes da Silva Pinheiro, todos assistidos pela equipe do Instituto de Defensores de Direitos Humanos (DDH). Além destes, também foi deferido o pedido de liberdade de Eloisa Samy Santiago – assistida pela Comissão de Defesa Assistência e Prerrogativas da OAB/RJ -, Joseane Maria Araújo – assistida pelo Departamento Jurídico do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro – e Rebeca Martins de Souza, Bruno de Souza Vieira Machado, Emerson Raphael Oliveira da Fonseca, Pedro Brandão Maia, Felipe Frieb de Carvalho, Felipe Proença de Carvalho Moraes e Rafael Rego Barros Caruso – assistidos pela Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro.

Apesar desta ótima notícia, não podemos esquecer, porém, que ainda restam presos Elisa Quadros Pinto Sanzi, Camila Aparecida Rodrigues Jordan, Eduarda Oliveira Castro de Souza, Igor Pereira D’Icarahy e Thiago Teixeira Neves da Rocha, além de dois adolescentes. Além de nove ativistas cujos mandados de prisão temporária ainda não foram cumpridos. Ninguém ficará para trás!

Rio de Janeiro, 15 de julho de 2014.

Instituto de Defensores de Direitos Humanos – DDH

Imagem: manifestantes no Ato “Fifa Go Home” na Praça Saens Penã, na qual ficaram sitiados pela Polícia Militar no dia 13 de julho. Foto: Activestills

No Comments

Post A Comment